• MDI News

PREFEITO DE NOVA YORK ATACA BOLSONARO

Atualizado: 15 de Mai de 2019

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, chamou o presidente da República, Jair Bolsonaro, de “ser humano perigoso” e pediu que o Museu de História Natural da cidade não sedie uma cerimônia em que o chefe de Estado brasileiro será homenageado.

Bolsonaro foi escolhido para receber o prêmio “Personalidade do Ano” da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em seu jantar de gala, no dia 14 de maio, como noticiou a RENOVA.

Em entrevista à radio americana WNYC, De Blasio disse que se preocupa com os planos de Bolsonaro para a exploração da Amazônia, bem como seu suposto “racismo evidente” e sua “homofobia”.

Por: Renova Midia





Vale ressaltar que este prefeito é o mesmo que rejeitou a entrada de uma planta da Amazon, o que geraria à cidade e claro ao estado de Nova York, em torno de 4-6 mil empregos diretos, além de mais de 15 mil empregos indiretos. Mas claro que a ideologia estatal de Bill não deixaria que uma empresa privada imperialista criasse raízes na administração da “sua” cidade.


Primeiro que parafraseando o prefeito de Colatina/ES “Estou prefeito, não sou prefeito, prefeito é um estado”, em segundo, isso é o que os governos de esquerda historicamente fazem, rejeitam a ideia de propriedade privada, argumentando que tudo deve vir do estado, inclusive o monopólio dos meios de produção.


por: Gilvania Medeiros

©2019 by www.mdinews.com.br. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now